Carne Leão - Tenho que declarar?

July 10, 2017

 Se você é autônomo ou recebe rendimentos vindos de pessoas físicas é fundamental se informar sobre o Carnê leão. Declarar o carnê leão é uma forma de o profissional liberal legalizar seus ganhos, com a vantagem adicional de poder inclusive descontar despesas referentes ao trabalho.

 

1. O que é o Carnê Leão? 

É uma forma de antecipar, de forma parcelada, o pagamento do Imposto de Renda. Desta forma, o contribuinte, não tem que pagar um valor elevado de uma vez, na Declaração de Ajuste Anual, ou seja, o Carnê leão tem seu recolhimento mensal.

 

2. Quem é obrigado a declarar o Carnê Leão? 

Estão obrigados:

Profissional liberal: médicos, advogados, arquitetos, dentistas, jornalistas e outros.

Profissional autônomo: pintores, encanadores, eletricistas, taxistas, mototaxistas e outros.

Locadores: pessoa física proprietária de bens que recebe pagamento de aluguel vindo de locação ou sublocação de bens móveis ou imóveis para pessoas físicas.

Alimentando (Pensionistas): pessoa física que recebe pensões vindas de pessoas físicas. Obs.: As pessoas físicas com rendimentos recebidos de Pessoa Jurídica ou Pessoa Física com vínculo empregatício não está sujeita ao pagamento do Carnê-leão.

 

3. O que é declarado o Carnê Leão? 

As pessoas físicas obrigadas ao carne leão devem emitir recibos para seus clientes e escriturar mensalmente no Livro Caixa, através do programa disponibilizado pela Receita Federal.

No Livro Caixa registra-se toda movimentação financeira da atividade exercida pela pessoa física, são registrados os recibos emitidos para seus clientes pessoas físicas e jurídicas, bem como, as despesas que teve com o exercício de sua profissão.

As pessoas físicas que atuarem como médicos, odontólogos, fonaudiólogos, fisioterapeutas, terapeutas ocupacionais, advogados, psicólogos, psicanalistas, corretor e administrador de imóveis, deverão identificar, por meio do CPF, os titulares do pagamento de cada um desses serviços nas prestações de serviço.

 

4. O que pode ser deduzido do valor a pagar de Carne Leão?

Toda as despesas profissionais, necessárias às operações e desenvolvimento das atividades da pessoa física, por exemplo, o aluguel do escritório/consultório, conta de água e energia do escritório/consultório, anuidades, impostos, material de conservação e limpeza do escritório/consultório, material de escritório entre outros.

No caso de recebimentos de aluguel podem ser deduzidas, quando o encargo tenha sido exclusivamente do locador, as quantias relativas a impostos, taxas e emolumentos incidentes sobre o bem que produzir o rendimento; aluguel pago pela locação de imóvel sublocado; despesas pagas para cobrança ou recebimento do rendimento; despesas de condomínio.

Não é dedutível, por exemplo, a aquisição de bens em nome da pessoa física ainda que para o desenvolvimento de suas atividades, combustível e despesas de locomoção e transporte (exceto no caso de Representante Comercial Autônomo), aquisição de livros e revistas entre outros.

 

5. Como é calculado o imposto?

O valor do imposto é calculado da seguinte forma, após lançadas as receitas e despesas, soma-se o valor de recebimentos do mês, diminui-se o valor de despesas dedutíveis, aplica-se sobre o resultado a tabela progressiva do Imposto de Renda Pessoa Física vigente no mês do recebimento dos rendimentos.

Considera-se ainda, que poderá ser deduzido do imposto a pagar o valor por dependentes e também o valor pago referente contribuição devida à Previdência Social (INSS).

O DARF - Documento de Arrecadação da Receita Federal é emitido pelo programa já com o valor a ser pago.

Obs.: Os recebimentos de pessoa jurídica NÃO integra a base de cálculo do carnê leão, apenas os serviços prestados às pessoas físicas serão tributadas pelo Livro Caixa através do Carnê Leão.

 

6. Qual o prazo de vencimento deste imposto?

O imposto deverá ser pago no último dia do mês seguinte. A pessoa física que está obrigada ao recolhimento de carnê leão poderá pagar até 20% de multa de mora, pelo atraso no pagamento, mais juros SELIC para cada mês de atraso.

 

7. Deve ser feita alguma retenção?

A pessoa jurídica que contratou a pessoa física obrigada a apresentação do carne-leão deverá reter o Imposto de Renda na fonte no ato do pagamento. Deverá ser pago pela pessoa jurídica em favor da Receita Federal, através de DARF em nome da pessoa física.

 

Share on Facebook
Share on Twitter
Please reload

Últimas Notícias

January 7, 2018

Please reload

Categorias
  • Facebook Basic Square
  • LinkedIn Social Icon
  • Twitter Basic Square
  • Instagram Social Icon
  • Google ícone social Places